Programas e Projetos



CURSO DE QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL  AGENTE LOGÍSTICO AGENTE PORTUÁRIO



Este curso garante ao aluno o conhecimento holístico de toda cadeia produtiva relativa às atividades portuárias, através das 31 disciplinas que compõem os quatro módulos de estudo, com foco nas áreas de Operação Portuária e Retroporto, Agenciamento Marítimo, Segurança do Trabalhador e Gestão Integrada Portuária.  Com todo este conhecimento estamos formando um novo perfil de trabalhador portuário que compreende o funcionamento desta engrenagem como um todo e entendem suas interdependências, o aluno dispõe de conhecimento teórico e prático de todas essas atividades. Realizado com o apoio da Unimonte, que disponibiliza as salas de aula e laboratórios e patrocínio da SANTOS PILOTS, responsável pelo serviço de Praticagem no Porto de Santos e MARIMEX Instalações Portuárias Alfandegadas.



PROJETO ESPORTIVO EDUCACIONAL FUNDAÇÃO SETTAPORT

Nossa atuação na área esportiva teve início em 2008, com a abertura do “Núcleo Esportivo Educacional do Guarujá”, então com, somente, 50 crianças e adolescentes, atualmente, atendemos 500 distribuídos em cinco Núcleos, quatro na cidade de Santos, em breve abriremos outro em Cubatão. O Projeto fomenta e democratiza o acesso à prática esportiva e de lazer, com caráter formativo educacional, através de núcleos dirigidos a crianças e adolescentes em situação de risco social, com vistas a garantir o direito constitucional previsto no artigo 217 da Constituição Federal de 1989, e nos artigos 264, 265 e 266 da Constituição do Estado de São Paulo, de 1989, promovendo dessa forma a inclusão social, de saúde, a preservação de valores morais e o civismo, a valorização das raízes e heranças culturais, a conscientização de princípios sócio-educativos (co-educação, cooperação, emancipação, totalidade, participação, regionalismo), a aquisição de valores de direitos e deveres, a solidariedade, o aprimoramento do desenvolvimento psicomotor e a melhora do condicionamento físico. As crianças do Núcleo recebem, também, seguro escolar, tratamento dentário, reforço escolar, uniforme esportivo. Para participarem do Projeto, precisam estar matriculadas na escola e apresentar, bimestralmente, o boletim escolar, para o acompanhamento do desempenho e freqüência escolar. Os que estão na faixa etária dos 17 anos, são encaminhados para outro projeto da Fundação, o de qualificação profissional na área portuário, Curso Agente Logístico Portuário, dessa forma, fechando o ciclo de inclusão social. 




PROJETO COSTURANDO CIDADANIA CENTRO DE MODA E ECONOMIA SOLIDÁRIA 



. Destinada a mulheres que buscam aprender uma profissão e também se aperfeiçoar na área da confecção. Durante cinco meses as alunas participantes do Projeto Costurando Cidadania da Fundação Settaport, aprendem a trabalhar com máquinas de costura industrial, adquirindo experiência com vários tipos de material no ramo da confecção e  estimulando para a participação na Cooperativa de Costureiras.
.  As aulas são gratuitas e realizadas de segunda a quinta, com turmas nos períodos manhã, tarde e noite. Direcionado somente às mulheres o curso tem como objetivo, a qualificação profissional, inclusão social  e geração de renda
.  O curso tem a finalidade específica de preparar mão-de-obra qualificada em corte e costura, podendo  trabalhar em confecções da região, abrir seu próprio negócio, costurando em casa, atendendo sua comunidade, vizinhos, parentes, como uma renda extra para a família, ou ainda, participar da cooperativa de costura.
.  Visamos inserir, preferencialmente, mulheres a partir de 30 anos, que estão fora do mercado de trabalho, com maior dificuldade de inserção, não completando as turmas, poderão ser chamadas por ordem decrescente de idade, outras faixas etárias, nosso objetivo está focado nas mulheres que estão desempregadas e que não tem uma profissão e se encontram com dificuldades para arrumar um emprego


ENDEREÇO DO ATELIER DE COSTURA: RUA JÚLIO PRESTES, 789

 - VILA VALENÇA - SÃO VICENTE - FONE: (13) 34672495


CENTRO DE RECICLAGEM DE LIXO ELETRÔNICO FUNDAÇÃO SETTAPORT      


As Atividades do “CENTRO DE RECICLAGEM DE LIXO ELETRÔNICO- FUNDAÇÃO SETTAPORT” tiveram início em outubro de  2010. Iniciativa única na Região Metropolitana da Baixada Santista. O centro de Reciclagem, realiza a coleta, triagem, avaliação e separação dos equipamentos de informática, eletroeletrônicos, TV, Som, Telefonia, Celulares e Acessórios, danificados ou obsoletos. Esta localizado, em Santos, num Galpão de 800 m2, com acesso para carga e descarga de resíduos, área com depósito para categorização, triagem e destinação, e ainda, uma Oficina de Recuperação de Equipamentos de Informática, assim como, do “Museu dos Eletrônicos”, na Av. Conselheiro Nébias, nº 85, bairro do Paquetá, onde atendemos toda a demanda da região.

O Centro de Reciclagem de Lixo Eletrônico cria soluções para projetos sociais e fomenta o desenvolvimento de indústria nacional de reciclagem, está alinhado com as diretrizes de sustentabilidade definidas pela ONU para o Desenvolvimento dos Objetivos do Milênio e a Agenda 21, satisfazendo requisitos ambientais, sociais e econômicos. 

Como resultado da nossa operação, garantimos que os resíduos de informática e demais equipamentos coletados passem por processos que impeçam o seu descarte na natureza e possibilite o seu reaproveitamento na cadeia produtiva. Os equipamentos e peças de computador que ainda estiverem em condições de uso são avaliados, passam por manutenção e são enviados para projetos sociais, atendendo, assim, a população carente no acesso à informação e educação. No final de sua vida útil, tais equipamentos são devolvidos pelos projetos sociais à Fundação, para que possamos lhes dar uma destinação sustentável. 

Neste período coletamos 200 toneladas de Lixo Eletrônico, impedindo que fossem parar nos aterros sanitários, contaminando o solo com substâncias químicas.

Numa ação direta, utilizando o espaço físico de outras instituições, abrimos quatro Núcleos de Inclusão Digital, com os computadores recuperados, nesses locais são realizados cursos de informática, gratuitos, sempre em comunidades carentes, nosso público é de crianças, jovens, adultos e terceira idade, digitalmente excluídas. Foram 560 certificados de conclusão emitidos. Novas turmas são formadas a cada três meses. Emprestamos, através de comodato, computadores para outras 22 entidades civis, que os utilizam em seus projetos sociais.

Temos a parceria da USPS – Universidade de São Paulo, que capacita nossos profissionais através do CEDIR/USP, Centro de Descarte e Reuso de Resíduos de Informática, da Universidade de São Paulo, para a separação e triagem dos materiais e destiná-los as empresas especializadas,  para a realização da manufatura reversa.

AV. CONSELHEIRO NÉBIAS, 85 - PAQUETÁ - SANTOS - (13) 32212546

O OBJETIVO GERAL DESSE PROJETO É AMPLIAR A DISPONIBILIZAÇÃO DO SERVIÇO DE COLETA, RECICLAGEM E DESCARTE CORRETO DE LIXO ELETRÔNICO PARA A REGIÃO METROPOLITANA DA BAIXADA, COM 09 MUNICÍPIOS (SANTOS, SÃO VICENTE, GUARUJÁ, CUBATÃO, PRAIA GRANDE, MONGAGUÁ, ITANHAÉM, BERTIOGA E PERUÍBE) E 1 MILHÃO E 600 MIL HABITANTES. 


PROGRAMA DE INCLUSÃO DIGITAL FUNDAÇÃO SETTAPORT




O projeto tem como objetivo promover a inclusão social de populações excluídas digitalmente,entre 07 e 60 anos, em diante,utilizando as tecnologias da informação como instrumento de construção e exercício da cidadania.O Curso de Inclusão Digital é dividido em 3 (três) módulos, sendo 60 minutos/aula, 2 vezes por semana, totalizando 24 horas por módulo. 


Que materiais eletrônicos não devem ser descartados com o lixo comum, muita gente já sabe. Mas o destino correto de aparelhos obsoletos ainda é uma incógnita para a maioria das pessoas. Sem saber onde deixá-los para reciclagem, acabam estocando os eletrônicos antigos em residências, condomínios, empresas e escolas, ou ainda, jogando na rua e em terrenos abandonados.

Recolhemos e Reciclamos o Lixo Eletrônico, depois de coletado, é realizada a separação dos aparelhos, os desmonta e encaminhamento para usinas de reciclagem, devidamente cadastradas na Fundação Settaport e no Centro de Descarte e Reuso de Resíduos de Informática - CEDIR/USP, essas empresas extraem os metais pesados e separam ouro, cobre, chumbo, ferro. Depois de reciclados, matérias-primas como plástico, vidro, ferro, voltam para os processos de produção na indústria, mais de 90% do lixo eletrônico pode ser recuperado. Entre os anos de 2010 e 2014, foram coletados 200.000 kgs de e-Lixo.

Com aquilo que pode ser reciclado ou reaproveitado, desenvolvemos programas sociais para geração de renda e qualificação profissional, curso de educação ambiental, para adultos e educação digital para crianças, jovens, adolescentes e terceira idade, visitas monitoradas são realizadas ao nosso Galpão onde o processo de armazenamentos e separação é realizado, com isso buscamos conscientizar todos os públicos sobre a Coleta do Lixo Eletrônico.

A Fundação Settaport, mantém diversos Núcleos de Inclusão Digital, para famílias de baixa renda, em parceria com outras entidades do terceiro setor, destinado a crianças, jovens, adultos e terceira idade, os que concluem o curso de inclusão  iniciam o aprendizado no programa Excel, para aumentar suas chances no mercado de trabalho, estamos em processo de estudo para a abertura de uma nova modalidade de curso: Manutenção  de Computadores, atendendo uma grande demanda reprimida da comunidade mais carente da nossa região, esses núcleos são criados a partir da recuperação de equipamentos de informática em condições de uso.